MEUS PRAZERES

Gosto de acordar cedo,

Dormir mais um pouquinho,

Levantar preguiçoso

E só acordar da verdade debaixo do chuveiro.

De escovar dentes e fazer a barba aproveitando a água morna do banho massageando minhas costas,

De me vestir formal para disfarçar toda informalidade de meu coração,

Sentir pela milésima vez o cheiro do perfume antes de passar,

Tomar um pouquinho de café na xícara,

Dirigir curtindo a direção,

Óculos escuros,

Vidros abertos,

Som alto,

Cantando ou tentando cantar cada música.

Gosto de ouvir com os olhos,

De tocar corações,

De entender as pessoas

E acender luzes.

Gosto também de mostrar que o mundo é bonito,

Mesmo que o único ponto de vista que se tenha dele tenha sido da sarjeta.

Gosto de sentar em minha poltrona,

Ouvir pessoas, sem ver rostos ou fazer rostos,

Gosto de me curtir um pouco e lembrar quem eu sou antes de sair

Fechar os vidros,

E com ar quente voltar para casa.

Tomar um café bem quente na varanda,

Fumando um delicioso charuto cubano.

Tomar banho quente

E me enroscar nos edredons deixando sempre um pedaço da perna esquerda de fora.

Gosto de sonhar e fingir que estava dormindo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases do Livro: Na Natureza Selvagem

MULTI, INTER E TRANSPROFISSIONAL

Surdez e Déficit de Atenção