Um remédio para cada coisa

Eu tinha muita energia quando criança,
E por isso me deram ritalina,

Gostava de imaginar coisas, conversar com meus amigos imaginários
E logo me deram rispiridona.

Certa vez meu passarinho morreu, fiquei muito triste
Ai me deram fluoxetina.

Haviam dias divertidos, que eu estava super animado,
Outros nem tanto que eu precisava descansar, ficar em casa,
As vezes até estava magoado com algum amigo,
Me deram lithiun.

Já adulto eu era muito irritado com as contrariedades e injustiça que eu sofria
Mandaram-me tomar carbomazepina,

Daí a vida não parecia mais excitante,
Tudo tendia ao monótono,
Fui eu mesmo buscar cocaína.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases do Livro: Na Natureza Selvagem

MULTI, INTER E TRANSPROFISSIONAL

Surdez e Déficit de Atenção